Close
Close

No products in the cart.

Descida em autonomia do Rio Paiva – Maio’18

Descida em autonomia do Rio Paiva – Maio’18

Descida em autonomia do Rio Paiva – Maio’18

Este foi provavelmente um dos percursos mais emocionantes e fantásticos deste ano de 2018. Daqueles que só costumamos ver nos canais do national geographic, nos grandes parques naturais do mundo.

Mais uma vez entrámos no rio em Castro Daire, desta vez munidos de armas e bagagens, sacos camas, tendas e roupa seca assim como o pequeno almoço para a manhã seguinte. Ponto de encontro no rio ás 9h de sábado. Depois de equipados os caiaques com o respectivo material, acondicionado em sacos estanques bastante bem amarrados aos barcos, arrancámos.

Estava um daqueles dias em que tanto chovia a potes como fazia sol, a paisagem, essa sempre magnifica, com água a escorrer por todos os lados e uma explosão de verde a anunciar o verão que nunca chegou.

Fizemos umas 3 horitas de águas –bravas, intercaladas com algumas mais calmas que nos permitiram alternar entre a adrenalina e a contemplação, acho que cada caiaque apenas se virou uma vez  durante a manhã. Depois de uma pit-stop para emborcar algumas calorias, atirámo-nos ao rio outra vez. Mais 3 horitas do mesmo, águas bravas e paisagem, até pararmos, por volta das 17h numa pequena estrutura de praia fluvial, ainda desactivada nesta altura do ano.

Aqui começou a chover uma morrinha que havia de durar a noite toda. Desmontamos os barcos, montamos as tendas e tudo o resto, e trocamos para a roupa seca, ou quase. Saímos a pé na direcção da aldeia mais próxima, 3kmzitos, e sentámo-nos para jantar por volta das 18.30h. Posta, enchidos, bacalhau e tudo a que tínhamos direito, no tasco local, com tudo do bom e do melhor até ás 23h….

Saímos em direcção ao acampamento, e depois da pernoita chuvosa e de um pequeno-almoço “á ranger”, com café directo da cafeteira feito com água do rio. Lá seguimos viagem, mais paisagens deslumbrantes e muita adrenalina até á garganta do Paiva em Entre-os-rios , onde chegamos por volta das 15h ainda a tempo de almoçar .

Acho que se pudesse tinha feito uma semana inteira disto, com chuva e tudo.

Quero mais. Para o ano , mesmo que não chova tanto, vou fazer pelo menos umas duas destas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close